domingo, 24 de outubro de 2010

Carpaccio de Beterraba com Rúcula


Esse carpaccio fez o maior sucesso. A beterraba ficou bem docinha e tenra. As amêndoas e avelãs deram a crocância que o prato precisava, a rúcula contribuiu com seu delicioso amarguinho e a vinagre balsâmico, o sabor ácido. Prato bem equilibrado nos sabores. Experimente!

As beterrabas cruas e cozidas são uma excelente fonte de ácido fólico. A ingestão de ácido fólico é importante, em especial para as mulheres grávidas e para aquelas que pensam engravidar. Esta vitamina diminui significativamente o risco de o feto desenvolver uma malformação da medula - a espinha bífida. Além disso, é importante ainda para evitar um tipo de anemia.
Ferro, vitamina C e a riqueza em potássio tornam este alimento útil na normalização da tensão arterial.
Contém fibras solúveis que ajudam a baixar os níveis de colesterol total e LDL (mau colesterol), implicados no risco de doenças cardiovasculares.
Os carotenóides e flavonóides existentes na beterraba também ajudam a evitar que o colesterol LDL e que as paredes das artérias sejam danificados e oxidados pelos radicais livres.
As beterrabas estimulam o sistema linfático e fortalecem o sistema imunitário. As qualidades purificadoras da beterraba, ajudam na estimulação do fígado, dos rins, da vesícula, do baço e dos intestinos.
O sumo de beterraba fresca é um excelente tonificante e purificador do sangue, e tem-lhe sido atribuído valor auxiliar da digestão.

Portanto, não deixe de inserir a beterraba na sua alimentação.


Carpaccio de Beterraba com Rúcula

3 beterrabas médias (de preferência orgânicas)
1/2 xícara de avelãs e amêndoas tostadas e trituradas
1 punhado de rúcula
2 colheres de sopa de vinagre balsâmico reduzido*
1 colher de sopa de azeite de oliva extra virgem
sal e pimenta

Cozinhe as beterrabas envoltas em papel alumínio no forno médio até que fiquem tenras. Retire do forno, espere esfriar e corte bem fino com a ajuda de um cortador ou mandoline (se não tiver, faça na faca mesmo).
Arrume fatia por fatia no prato sobrepondo-as ligeiramente. Coloque o punhado de rúcula no meio e salpique as avelãs e amêndoas.

Regue o balsâmico e o azeite. Tempere com sal e pimenta e sirva.

* Redução de balsâmico
Para ter duas colheres de sopa, coloque uma xícara de vinagre balsâmico em uma panela e leve ao fogo. Deixe ferver e evaporar até que tenha chegado na quantidade desejada.

Bom apetite!!!!

3 comentários:

Julia Pessoa disse...

michele, adorei seu blog!!
já peguei as dicas de BsAs pq estou indo pra lá semana q vem!

=***

Bella disse...

HUmmmm! Delícia! Os post abaixo também adorei! Bjs

donasnofimdesemana disse...

Michele conheci hoje o seu blog e amei. Tenho um blog também donasnofimdesemana.wordpress.com e sou apaixonada por receita vegetarianas. Parabéns pelo seu trabalho. Serei uma visitinha frequente rsrsrsrrs Bjs