terça-feira, 31 de agosto de 2010

Bobó de Palmito com Farofa de Maracujá

Esse prato é praticamente uma homenagem à mandioca. Que alimento maravilhoso e quantos subprodutos podemos encontrar além da própria raiz. Farinha, polvilho, goma, tapioca... e por aí vai. E os pratos? Socorro. Bobó, pão de queijo, pirão, tutu, bolo de aipim com coco...
Eu sou fã da farinha. Uma refeição acompanhada de uma farofinha ganha um upgrade na minha opinião. Não sou nordestina, mas se bobear como farinha até no café da manhã :)

Bóbo de Palmito
.
.
800g de mandioca limpa (sem casca)
200ml de leite de coco
1 cebola pequena picada
2 dentes de alho picados
3 colheres de sopa de azeite
1 pimentão vermelho pequeno picado
1/2 molho de coentro
1/2 molho de cheiro verde
1 litro de caldo de legumes
350g de palmito coratados em rodelas
sal e pimenta
.
.
Cozinhe a mandioca em água e sal na panela de pressão até que fique macia.
Bata no liquidificador, aos poucos, a mandioca, o leite de coco e o caldo de legumes.
Aqueça o azeite em uma panela grande e refogue a cebola e o alho. Junte o pimentão e refogue mais um pouco. Acrescente o creme de mandioca, o palmito e deixe ferver. Tempere com sal e pimenta, junte o cheiro verde e o coentro e sirva.
.
.
Farofa de Maracujá
.
.
400g de farinha de mandioca
1 maracujá
1 cebola pequena picada
3 colheres de sopa de manteiga
sal
.
.
Aqueça a manteiga em uma panela. Junte a cebola e refogue um pouco. Acrescente o maracujá e deixe refogar até que a polpa se desprenda das sementes. Coloque a farinha e mexa sem parar por aproximadamente 10 minutos ou até que a farinha fique bem torrada. Tempere com sal e sirva.
Bom apetite!

4 comentários:

Roberta disse...

Oi Michele, conheci seu blog a pouco tempo e me tornei sua fã, acho suas receitas simples, porém muito saborosas,( da maneira que eu gosto) já fiz varias delas inclusive o hambrurguer de quinua, que é meu favorito.
Parabéns pelo blog.
bjos

Michele Maia disse...

Oi Roberta,
Que bom que gosta do blog. O objetivo é esse mesmo, fácil e saboroso. A gente tem que ter tempo pra outras coisas na vida, como trabalhar, passear na praia ou ir ao cinema e não transformar a cozinha em um trabalho árduo. No meu caso é diferente porque escolhi isso como profissão, mas sei das dificuldades da maioria das pessoas.
Obrigada pelos elogios.
Bjs

Sabor Orgânico disse...

Oi Michele,

Pesquisando idéias para minha empresa de comida congelada orgânica, encontrei seu blog e achei muiito interessante.
Nunca fiz nenhum curso de cheff, mas acho que tenho um pouco de dom para cozinha. Me formei em odontologia, mas não gosto nada e abandonei!!
Sempre gostei de cozinhar e resolvi abrir essa empresa, que está dando super certo.
Se continuar crescendo desse jeito vou ter que contratar um chef, então vou querer uma dica sua.
Se puder da uma olhada no meu blog tambem...
www.sabororganicocongelados.com
Veja o que vc acha do cardapio.
Parabens pelo blog e boa sorte como chef!!!
Beijos,
Mariana

Mila disse...

Oi, Michele!
Fiz o bobó e a farofa, sem manteiga, pois não consumo laticínios.
Deliciosos!
Gostei tanto do sabor do maracujá, que, depois,experimentei no arroz integral; ficou muito bom.
Também adorei as raspas de limão sobre o tomate cereja.
Já vou testar outras receitas - o quinoaburger está na lista desta semana!
Seu blog é uma delícia!!!
Abs,